Formação Missionária

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Quem é o Senhor dos milagres? É o Cristo crucificado, o Missionário do Pai que, como prova maior do seu amor, doou sua vida pela salvação da humanidade.
O Senhor pregado na cruz tem recebido pelo mundo inteiro centenas de nomes como expressão da devoção popular.
O mesmo Jesus que na Bahia chamamos de “Senhor do Bonfim” ou “Bom Jesus da Lapa”, o povo católico do Peru chama de “Senhor dos milagres”.
Na origem deste titulo está uma linda história.
Aproximadamente quinhentos anos atrás, em Lima, capital do Peru, já viviam os negros que foram trazidos da África como escravos. Eram pessoas pobres, morando fora da cidade e, como sempre acontece, muito injustiçadas.
Um negro angolano pintou, numa parede de barro, a imagem de Jesus Crucificado.
Aquele lugar passou a ser freqüentado por aquelas pessoas para rezar diante da imagem.
Quando, em 1650, aconteceu um grande terremoto que destruiu a cidade de Lima, aquela parede frágil não caiu. Estas pessoas simples compreenderam logo que algo de extraordinário tinha acontecido devido à presença daquela pintura. O lugar passou a ser um centro de grande devoção.
Hoje no lugar existe uma igreja que é cuidada pelas Irmãs Nazarenas e milhares de pessoas visitam diariamente o santuário para rezar diante da imagem do Senhor dos milagres. São fieis que pedem ou agradecem graças alcançadas, muitas vezes verdadeiros milagres. O Senhor dos milagres passou a ser um marco da devoção popular do povo católico peruano.
Em toda parte, dentro do país, encontram-se igrejas ou capelas dedicadas ao Senhor dos milagres, ou pelo menos a reprodução da imagem tão venerada.
Pelo mundo afora, onde se encontram comunidades de migrantes peruanos, lá sempre está um quadro do Senhor dos milagres.
O mês de outubro, para a população do Peru, é dedicado a veneração do Senhor dos milagres, iniciando com uma grande romaria, no inicio do mês, e concluindo-se no dia 28 de outubro, que é o dia da grande festa.
A devoção ao Senhor dos Milagres, ultrapassou os limites do Peru e se estendeu a outras nações da America Latina.
Através de alguns missionários do MEAC e por causa de várias graças alcançadas por eles, como é testemunhado no livro: “O milagre aconteceu” de Antoninho Tatto, a devoção chegou ao Brasil. E chegou também a Dias D’Ávila (BA), onde a capela do centro de Evangelização do MEAC é dedicada ao Senhor dos milagres e lá se encontra uma reprodução da imagem milagrosa.
Diariamente os devotos buscam a capela para fazer sua adoração eucarística, abrir o seu coração ao Senhor dos milagres e pedir favores ou agradecer as benções recebidas.

PROGRAMA

26 de outubro, segunda feira:
“Senhor dos milagres, ensinai-nos a partilha a fé:

A MISSÃO

27 de outubro, terça feira:

“Senhor dos milagres, ensinai- nos a partilha os dons:

O SERVIÇO

28 de outubro, quarta feira:

Senhor dos milagres, ensinai-nos a partilhar os bens:

A CARIDADE

29 de outubro, quinta feira, 19:00 horas
Santa Missa Festiva e Renovação do compromisso
missionário dos membros do MEAC

ROTEIROS DAS CELEBRAÇÕES: INVOCAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO LEITURA DA PALAVRA DE DEUS REFLEXÃO DO TEMA DO DIA TERÇO DA MISERICÓRDIA ORAÇÃO AO SENHOR DOS MILAGRES

BENÇÃO FINAL

SEMPRE ÀS 18H30MIN HORAS, NA CAPELA DO MEAC

PARÓQUIA N.S. DA BOA VIAGEM
CETRO DE EVANGELIZAÇAO JESUS REDENTOR

MEAC- DIAS DAVILA

26 A 29 DE OUTUBRO DE 2020

ENCERRAMENTO DO MÊS MISSIONÁRIO E FESTA

DO SENHOR DOS MILAGRES

TEMA:
“A VIDA É MISSÃO”