Notícias

Foi lançado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) o concurso para a música do hino da Campanha da Fraternidade (CF) de 2013, e os participantes terão até o dia 25 de março para enviar à CNBB as composições para a música, que já possui uma letra, escolhida a partir de um concurso próprio também. A CF do ano que vem terá como tema "Fraternidade e Juventude", e como lema "Eis-me aqui, envia-me". 

De acordo com a CNBB, o objetivo geral da CF de 2013 é refletir sobre a realidade da juventude no contexto da atual cultura midiática, para compreender seu impacto na vida dos jovens à luz do evangelho, acolhendo-os como sujeitos e, com eles, construir relações e estruturas que promovam a vida. De acordo com o assessor da CNBB para a Música Litúrgica, Padre José Carlos Sala, os compositores devem cr iar uma música fluente e bela para o hino, e assim contribuir no trabalho de evangelização da juventude. 

Segundo a equipe organizadora do concurso, os participantes deverão observar algumas características fundamentais da música, tais como: caráter vibrante, vigoroso, energizador e convocativo. De acordo com eles, este caráter tem a ver com o ressoar de "trombetas e clarins" (cf. Sl 47, 6; 98, 5-6); melodia e ritmo fluentes, acessíveis a qualquer tipo de assembleia; e força melódica e rítmica eficazes para a dinamização das potencialidades individuais e de grupo. 

Já no que se refere à melodia da música, antes de pensar na composição o autor deverá estudar bem a letra e observar os acentos tônicos das palavras para que haja uma correspondência natural com os tempos fortes da melodia, além de possuir pausas de respiração suficientes e nos momentos certos, de preferência uma breve respiração no final de cada frase do texto. 

É importante ainda, conforme a organização, que a música seja artística, fugindo dos chavões e clichês já conhecidos e por demais gastos e que tenha características da genuína música brasileira, por exemplo, da etnomúsica religiosa. A apresentação da composição deverá ser encaminhada à CNBB escrita em pauta, com a indicação dos acordes, das cifras, para o acompanhamento instrumental, pois as melodias que não forem entregues anotadas na pauta, automaticamente, não serão submetidas ao concurso. 

A composição ainda deverá estar gravada em CD, com ou sem acompanhamento instrumental. Em relação ao envio do material, o participante colocará no remetente apenas o pseudônimo do autor e dentro da correspondência o nome verdadeiro do compositor, junto com o termo de Cessão de Direitos Autorais, preenchido e assinado, para o seguinte endereço: CNBB (Setor Música Litúrgica) - SE/Sul, Q. 801, Conj. "B" - 70200-014 - Brasília (DF).

A letra do hino e o termo de Cessão de Direitos Autorais estão disponíveis no site da CNBB: www.cnbb.org.br. Vale destacar que a letra poderá sofrer algumas alterações que os compositores da música julgarem necessárias e apropriadas.