Paróquia comemora festa do padroeiro com novena do Dízimo

A Paróquia São Francisco de Assis, de Fátima (BA), comemorou de uma forma diferente os festejos em homenagem ao santo padroeiro: São Francisco de Assis. A festa aconteceu no período de 25 de setembro a 04 de outubro de 2012 e teve como base a Novena que destacou o tema Dízimo em todas as noites de pregações e orações. Segundo o pároco, padre José Ronnes, “o que há de especial neste Novenário é ele ser voltado todo para o Dízimo, por ocasião dos 10 anos de implantação, esperamos que seja uma oportunidade de crescimento da fé e da partilha em nossa Paróquia”.

O material organizado pela paróquia, tanto o Cartaz quanto a Programação e um Texto preparado para motivação das lideranças e todo o povo foram encaminhados ao MEAC  com a solicitação de que fosse postado em nosso site para que sirva de incentivo às demais paróquias inovações como essa na evangelização sobre esse tema tão importante que é o Dízimo. Os missionários Bruno e Marilene, do núlceo do MEAC de Dias DÁvila (BA), participaram das celebrações.

Esperamos que o exemplo da paróquia São Francisco e o material disponibilizado seja útil a muitas paróquias que possam tê-lo como base para outras formas abrangentes de evangelização sobre esse compromisso cristão.

Abaixo, a mensagem encaminhada pelo pároco às lideranças e ao povo em geral:

 

 

Mensagem

 

Caríssimos irmãos e irmãs em Cristo Jesus,

A graça de Deus esteja com todos!

 

Na Sagrada Escritura encontramos várias passagens que expressam a grandeza da experiência do dízimo e das ofertas, tanto no Antigo como no Novo Testamento, de diferentes maneiras, mas que expressam a gratidão de um Deus que tudo nos dar, inclusive o seu próprio Filho como sacrifício vivo de expiação: “Deus amou de tal forma o mundo, que entregou o seu Filho único, para que todo o que nele acredita não morra, mas tenha a vida eterna” (Jo 3,16).

O Povo de Deus no antigo Israel reconhecia o Dízimo como Lei do Senhor. O Dízimo era propriedade do Senhor (cf. Lv 27, 30-34). Tal constatação os fez crescer na fé e no comprimento da Lei por gratidão, assim prefigurava o novo Povo de Deus, que em Jesus Cristo se formou. Em Atos dos Apóstolos, capítulo 2, expressa que os cristãos tinham tudo em comum, como retrato das primeiras comunidades que viviam a partilha radical. Outra narrativa que nos chama a atenção é da Viúva Pobre (cf. Lc 21, 1-4), Jesus observou o grande gesto de gratidão de uma pobre viúva que depositava sua oferta no Tesouro do Templo, enquanto os outros davam do que sobravam, a pobre viúva deu o todo o que possuía e ela só tinha duas pequenas moedas: “Eu garanto a vocês: essa viúva pobre depositou mais do que todos. Pois todos os outros depositaram do que estava sobrando para eles. Mas a viúva, na sua pobreza, depositou, tudo o que possuía para viver” (Lc 21, 3-4). Aprendamos desta pobre viúva, do seu gesto de doar, não o que nos sobra, mas de doar o todo que temos. Assim Jesus, também, possa nos elogiar pelo gesto de gratidão e de reconhecimento de Deus em nossas vidas.

Neste ano de 2012 celebramos uma década de implantação do dízimo em nossa Paróquia de São Francisco, é um tempo de graça e de louvarmos a Deus por essa ocasião. Durante esses dez anos o dízimo foi o maior e a mais significativa forma de manutenção da Paróquia e da evangelização, quantas ações em prol do evangelho foram realizadas graças ao Dízimo. Em julho e agosto de 2010 celebramos o I Tríduo Missionário do Dízimo, festejávamos 8 anos de implantação, foi um Tríduo abençoado, trouxe para equipe da Pastoral do Dízimo um espírito missionário, dentre outros gestos concreto, destaco a adoção do envelope. Em agosto do ano passado, outros passos significativos foram dados, toda a Paróquia assume o dízimo e as ofertas como as únicas formas de sobrevivência, eliminando leilões e rifas, práticas incomuns a Igreja, hoje somos testemunhas de que é possível.

Desafios temos muitos, o principal talvez seja o de conscientização: levar a todos os cristão ao compromisso da devolução dizimal. Há, também, por parte das lideranças um descompromisso. Mas, temos muito mais para agradecer do que para desanimar. Para celebrar uma década de implantação do dízimo dedicaremos todo o Novenario a São Francisco de Assis, também em consonância com os festejos dos Padroeiros das comunidades que estão seguindo o mesmo compromisso. O tema desde ano é: “São Francisco, o homem da partilha”: Celebrando os 10 anos de implantação do Dízimo.

São Francisco foi um homem despojado, em um dos fatos marcantes de sua vida foi a do seu despojamento, diante do seu pai e do bispo, tirou todas as vestes, devolvendo ao pai, gerando espanto e surpresa a todos. Francisco demonstrou desapego aos bens materiais, optando ter uma vida voltada à confiança em Deus de quem tudo nos concede. Ele tem muito a nos ensinar a partilhar, mesmo na nossa pobreza saberemos com São Francisco a compartilhar.

O dízimo e as ofertas são também nossas maiores expressões de fé e de compromisso com Deus, sua Igreja e com a evangelização. Celebremos com fervor nossos festejos a São Francisco, o homem da partilha.
Fraternalmente
Padre José Ronnes dos Santos Santana
Pároco 

 

Os temas abordados em cada noite da novena foram os seguintes:

1-O dízimo sincero é resposta de amor ao infinito amor de Deus

2-Dízimo é um compromisso, fruto de fé esclarecida e madura

3-A árvore que tem sol oferece sombra, o cristão que tem amor oferece dízimo

4-O dízimo é uma forma justa e carinhosa de gratidão a Deus presente no irmão

5-O dízimo e a oferta são como um par de olhos que nos fazem enxergar o que é invisível

6-O dízimo não é taxa, nem mensalidade, não é imposição, nem obrigação. É ato de amor a Deus e ao próximo

7-O dízimo que temos é o espelho da comunidade que somos

8-Restaurar o dízimo no comunidade é colocar o povo nos trilhos da volta para Deus

9-Sou dizimista fiel e feliz

Última atualização (Ter, 06 de Novembro de 2012 15:49)

 

comentários  

 
0 #1 graciele 26-09-2013 21:17
OLÁ achei muito legal esse tema de comemoração com novena do dizímo sou membro da pastoral do dizimo ,gostaria de saber como vocês conseguiram esse livro de novena,achei ótimo e quero fazer em minha paróquia.Abraços

Pode ver em www.orecado.com.br Encontros da Partilha, uma novena excelente.
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

     
Enquete
Como conheceu o MEAC?
 
Publicidade